12 informações importantes sobre o aleitamento materno

A Clínica InMeD separou algumas curiosidades sobre a amamentação, esse momento tão especial e importante para a primeira infância. Confira:

  1. O Ministério da Saúde e a Sociedade Brasileira de Pediatria recomendam o aleitamento materno exclusivo até os seis meses de vida, sem que se ofereça à criança água, chás ou quaisquer outros alimentos.
  2. O bebê deve mamar sob livre demanda e, nos primeiros meses, é normal que ele mame com frequência e sem horários regulares.
  3. Um bebê, em aleitamento materno exclusivo, mama de oito a 12 vezes ao dia.
  4. Algumas mães, principalmente as que estão inseguras ou com baixa autoestima, costumam interpretar a alta frequência de mamadas como sinal de fome do bebê ou leite fraco e insuficiente, o que pode resultar na introdução precoce e desnecessária de suplementos.
  5. O leite do início da mamada, chamado de leite anterior, é muito rico em anticorpos. Ele tem alto teor de água e por isso tem aspecto semelhante ao de água de coco.
  6. O leite do meio da mamada tende a ter uma coloração branca opaca devido ao aumento da concentração de caseína.
  7. No final da mamada, o leite é chamado de posterior. É mais rico em energia (calorias) e sacia melhor a criança. Seu aspecto mais amarelado deve-se à presença de betacaroteno, pigmento lipossolúvel presente na cenoura, abóbora e vegetais de cor laranja provenientes da dieta da mãe.
  8. Após a criança esvaziar o primeiro peito, só então a mãe deve oferecer-lhe o segundo.
  9. O tempo necessário para esvaziar uma mama varia para cada dupla de mãe e bebê. No entanto, a performance de uma mesma dupla pode variar a depender da fome da criança, do intervalo transcorrido desde a última mamada e do volume de leite armazenado na mama, entre outros fatores.
  10. Mamas grandes e pequenas têm a capacidade de secretar o mesmo volume de leite em um dia.
  11. A partir dos seis meses outros alimentos devem ser introduzidos de forma lenta e gradual.
  12. Deve-se manter o aleitamento materno até os dois anos de idade.

Conheça os benefícios do aleitamento materno:

  • Proteção contra infecções e alergias;
  • Estímulo ao desenvolvimento imunológico e maturação dos sistemas digestórios e neurológicos;
  • Diminuição do risco de hipertensão arterial sistêmica, diabetes e colesterol alto;
  • Redução das chances de obesidade;
  • Melhora do desenvolvimento da cavidade bucal;
  • Vínculo mãe-filho.
Menu