Conheça a core-biopsy, a biópsia da mama com agulha grossa

Também chamada de biópsia de fragmento, a core-biopsy, ou biópsia da mama com agulha grossa, consiste na retirada de pequenos fragmentos de tecido mamário. O procedimento é indicado quando se detecta alguma alteração na mama, seja por meio da mamografia ou da ultrassonografia. Rápida e menos invasiva que outros tipos de biópsia, a técnica também possibilita a retirada de uma maior qualidade de amostra.

Como funciona a core-biopsy?

Com o auxílio do ultrassom, ou da mamografia estereotáxica, e anestesia local, o médico insere uma agulha no seio até atingir o nódulo ou lesão que precisa ser examinada. Então, são aspiradas de três a seis amostras de tecido, e estas amostras são encaminhadas ao laboratório para análise anatomopatológica. A diferença da punção aspirativa por agulha fina (PAAF) para a core-biopsy é que esta última utiliza uma agulha mais grossa.

Quais as vantagens de fazer uma biópsia?

Além de ser um procedimento simples e rápido, a biópsia é capaz de elucidar quaisquer dúvidas diagnósticas a respeito de o nódulo, ou lesão, encontrados nos exames de imagem, serem ou não um câncer de mama. Caso seja confirmada a existência do câncer, a biópsia também consegue identificar qual o tipo e qual o grau de comprometimento causados pela doença.

Quais os cuidados antes e depois da core-biopsy?

O procedimento não precisa de muitos preparos. O maior cuidado é parar de tomar anticoagulantes e antiagregantes plaquetários, se o paciente fizer uso deste tipo de medicação. Não é necessário fazer repouso absoluto após a core-biopsy, apenas evitar exercícios físicos no dia do exame e aplicar compressas de gelo para inibir a formação de hematomas.

Sobre o InMeD

Há mais de 10 anos, o InMeD cuida da saúde e qualidade de vida da população de Samambaia Sul e Recanto das Emas com atendimento médico ético, humanizado e de qualidade. São diversas especialidades, exames e procedimentos disponíveis de maneira particular e por convênios para tornar a saúde acessível a cada vez mais pessoas.

Menu